Arquivo do mês: fevereiro 2011

Grécia Arcaica

Comecei a ler para preparar meu curso de graduação, História Antiga. Eu ainda não fechei o programa, ma já decidi que meu ponto de partida será a Grécia arcaica mesmo – é aí que as coisas que me interessam começam a acontecer, e o período é legal porque se eu quiser eu posso cortar qualquer referência a Micenas ou Creta, mas se eu tiver tempo eu sempre posso incorporar estas coisas. Estou lendo dois livros (que vão render, porque no meio tempo tenho outras coisas para fazer): Grécia Primitiva: Idade do Bronze e Idade Arcaica, do Moses Finley, e Greece in the Making, 1200-479 BC, do Robin Osborne.

Quando eu comprei o livro do Osborne, anos atrás, eu achava que esse seria O livro: ele conhece bem o período e incorpora um monte de dado arqueológico, além de vários avanços na historiografia. Já do livro do Finley, que eu li na graduação, eu não esperava muito: a edição original já tem 40 anos (a tradução brasileira é de uma reedição de 1980). Curiosamente, se o livro do Finley é certamente muito ultrapassado, ele tem a virtude de ser uma síntese muito inteligente. Osborne se recusa a generalizar, e com isso discute milhares de casinhos ínfimos, o que torna difícil para o não especialista formar uma visão do todo. Eu tenho outros livros na minha lista de espera, mas assim que acabar estes eu comento mais aqui.